sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Substantivos e Adjetivos: Definições e Distinções


Plano de Aula
DADOS

Professores: Ana Keli Soares da Fonseca, Érico Rogisney Canuto da Silva, João Bayma Neto e Mônica de Sousa Ferreira.
Duração da atividade: 4 aulas de 50min.
[ * ] Ensino Fundamental [ ] Ensino Médio
Conteúdo: Substantivos e Adjetivos: Definições e Distinções
Objetivos

Objetivo Geral: Tornar perceptível ao aluno as FORMAS, os SIGNIFICADOS e os USOS de ambas as classes gramaticais
Objetivos específicos: Reconhecer substantivos e adjetivos em textos; Distinções entre substantivo e adjetivo, com base no papel que os mesmos desempenharão no texto.
Procedimentos

- Ativar conhecimentos prévios sobre substantivos e adjetivos;
- Definição de substativo e adjetivo através do Vídeo e do livro adotado;
- Exemplificar através de frases, no quadro;
- Analisar exemplos em textos, fazendo a distinção de sentido entre ambas as classes.
Recursos

Cópia de texto com exercícios, Datashow, quandro branco e pincel.
Avaliação

Participações dos aluno, resolução de exercícios e produção dos textos propostos.
Referências

Todas as referências estão nos textos abaixo trabalhados.
Aulas

Aula 1 e 2 (1h e 40min):
a) Indagações sobre o que os alunos já conhecem sobre as classes, se já tem conhecimento de alguma definição. Se tem, dar sequência a aula, se não tem nenhum conhecimento, começar uma explicação mais detalhada das definições e valores que podem receber em cada enuciado (de acordo com o material utilizado).
b) Trabalhar o poema como forma de provocar o aluno o tema que vai ser aboraddo no decorrer da aula, podendo fazer como forma de Jogral, dividindo a classe em 5 grupos, e cada grupo se responsabiliza por uma estrofe. Após a leitura, extigar para que os alunos extraiam as cararacterísticas (definição e classificação) do substastantivo dentro do poema, fazendo anotações no quadro:
Poema dos Substantivos
Todos os seres do mundo,
Têm um nome ... Ah! Têm sim!
Sejam grandes ou pequenos,
Sejam inertes ou vivos,
Na Gramática são chamados:
Classe dos “Substantivos”
(LEITURA DO GRUPO 1)

Podem ser próprios ... assim:
Pedro, Belém e Pará!
Também comuns podem ser:
Homem, mulher, vatapá!
Simples ... quando tem um só vocábulo
Como os que foram citados
Mas, se tiverem mais de um, (vocábulo)
Compostos, são assim chamados!
(couve-flor, girassol...)
(LEITURA DO GRUPO 2)
Denominados “Concretos”
Se existirem sozinhos!
Como os que citei acima.
Mas podem ser “Abstratos”
Se para eles existirem...
Dependerem do Concreto!
São ações, são sentimentos...
Como: amor ... bondade ... afeto!!...
(LEITURA DO GRUPO 3)

Existem os “Primitivos”
Como: pedra, ferro e terra...
Já ... pedreira, ferreiro e terraço...
Derivados eles são!
Ainda temos um grupo
Chamados de “Coletivos”
Pois ... indicam coleção!
Como banda, classe, esquadrilha...
Enxame... constelação!
(LEITURA DO GRUPO 4)

A classe dos substantivos,
Têm muitas variações!
Em gênero, número e grau!
Por isso, para aprender
Precisamos estudar muito!
Com atenção e vontade...
Para melhor, entender!
(LEITURA DO GRUPO 5)
(Profª Maria Marlene)
c) Substantivo e Adjetivo:
Mostrar o Vídeo, e assim, definir substantivo e adjetivo.
d) VER O LIVRO adotado, na parte de substantivo e adjetivo e resolver exercícios para fixar conteúdo.
e) Substantivo e Adjetivo: e01) Trabalhar um poema, priozando os sentidos de substantivos e adjetivos. Primeiramente, pedir aos alunos que façam uma leitura silenciosa do poema, posteriormente, juntamente com os alunos, anotando no quandro o que pode ser classificado como substativo e adjetivo, inquerindo da seguinte maneira:
- Substativo é ROSTO, o que caracteriza-o, ou seja, quais os adjetivos que temos na 1ª estrofe?
- Substativo é MÃO, o que a caracteriza, ou seja, quais os adjetivos que temos na 2ª estrofe?
Por fim, trabalhar o aspecto semântico, valendo-se dessas questões
- Quais são as mudanças que ocorre no eu-lírico? São apenas físicas?
- qual a função dos adjetivos no texto? Sem eles, o texto ainda teria o mesmo sentido? (O professor deverá ler o texto, com e sem os adjetivos, para que os alunos percebam a importância dos mesmos).
Retrato
Cecília Meirelles
Eu não tinha este rosto de hoje,
Assim calmo, assim triste, assim magro,
Nem estes olhos tão vazios,
Nem o lábio amargo.
Eu não tinha estas mãos sem força,
Tão paradas e frias e mortas;
Eu não tinha este coração
Que nem se mostra.
Eu não dei por esta mudança,
Tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida a minha face?
f) Para finalizar essa aula, trabalhar a seguinte tirinha:
Buscar tirinha, disponível em: http://1.bp.blogspot.com/_ctrOVxlGWUE/TA03PruXeWI/AAAAAAAAABE/7lTu9jxPS8w/s1600/tirinha.jpg
f01) Quais os substantivos que aparecem na tirinha?
f02) Na 1ª tirinha, a mãe de Cascão fala como estariam os pés dele, ou seja, caracteriza-os. Como classificamos, na tirinha “pés” e “sujos” ?
f03) O que causa humor na 2ª tirinha?
Aula 3 (50min):
Dando continuidade ao assunto de subtantivo e adjetivo, começar a aula de maneira a animar os alunos com a temática trabalhada, para isso trabalhar a música: Ciranda da Bailarina, de Chico Buarque (para essa atividade, levar cópias e levar o vídeo da música legendado, disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=W1Oy9wF_BLQ&noredirect=1):
Ciranda da Bailarina, de Chico Buarque.
Procurando bem
Todo mundo tem pereba
Marca de bexiga ou vacina
E tem piriri, tem lombriga, tem ameba
Só a bailarina que não tem
E não tem coceira
Verruga nem frieira
Nem falta de maneira
Ela não tem
Futucando bem
Todo mundo tem piolho
Ou tem cheiro de creolina
Todo mundo tem um irmão meio zarolho
Só a bailarina que não tem
Nem unha encardida
Nem dente com comida
Nem casca de ferida
Ela não tem
Não livra ninguém
Todo mundo tem remela
Quando acorda às seis da matina
Teve escarlatina
Ou tem febre amarela
Só a bailarina que não tem
Medo de subir, gente
Medo de cair, gente
Medo de vertigem
Quem não tem
Confessando bem
Todo mundo faz pecado
Logo assim que a missa termina
Todo mundo tem um primeiro namorado
Só a bailarina que não tem
Sujo atrás da orelha
Bigode de groselha
Calcinha um pouco velha
Ela não tem
O padre também
Pode até ficar vermelho
Se o vento levanta a batina
Reparando bem, todo mundo tem pentelho
Só a bailarina que não tem
Sala sem mobília
Goteira na vasilha
Problema na família
Quem não tem
Procurando bem
Todo mundo tem...
Composição: Edu Lobo / Chico Buarque
Apartir dessa música, fazer juntamente com os alunos, anotando no quandro, os substantivos: bailarina, e outras pessoas, o que caracteriza-os na canção e comentar a realidade da música na vida dos alunos.
Posteriormente, trabalhar:
Substantivos e adjetivos: Valores semânticos.
Especificar no ínicio desta aula, que uma palavra tanto pode pertecer a classe dos substantivos como a dos adjetivos, portanto seu comportamento gramatical corresponde a sua função na frase ou no texto. Exemplificar:
Exemplo 1:
Frase 1: “O avião decolou.”
Frase 2: “Aquela garota é um avião”.
A palavra "avião", que era substantivo, na frase 1, passa a ser usada com função de adjetivo na frase 2 (já que está qualificando, ao invés de simplesmente nomear uma coisa).
Exemplo 2:
Frase 1: “"Aquela criança é um doce".”
Frase 2: "O doce de abóbora está delicioso”.
A palavra “doce” corresponde a um adjetivo na 1ª frase, já que qualifica a criança. Já na 2ª frase, recebe o valor de substantivo, ou seja, o ser nomeado.
Aplicar os exercícios abaixo, e corrigi-los posteriormente para fixar o conteúdo.
1) Trabalhar os seguintes exemplos:
Nas frases abaixo, como classificamos a palavra “gregos”:
a) Os gregos saíram de dentro do cavalo.
b) Os cavalos gregos assustaram o inimigo.
2) Analise cada frase, percebendo os diferentes valores para o termo “Velho”:
a) O seu tio era velho.
b) O velho não gostava de jogar damas.
c) Era um armário velho e empoeirado.
d) Encontrei um velho amigo.
e) Tenho um amigo velho.
Aula 4 (50min):
Essa é a hora de produzir!!!! O aluno deve colocar em prática os conhecimentos adquiridos nas aulas anteriores sobre substantivos e adjetivos.
Para isso propor aos alunos as duas propostas abaixo:
1) Produza um conto curto, lembrando dos exemplos dos contos de fadas, chapeuzinho vermelho, cinderela e outros. Esse conto deve utilizar os adjetivos, para caracterizar os protagonistas. Esse conto pode ter personagens do mundo atual.
2) Produza a receita da amizade!!! Utilizando tantos os substantivos como os adjetivos para qualifica-los.
Por exemplo: 100g de amor leal.
Exercícios

(ÉRICO)
01. Explique a função que cada palavra destacada exerce na frase:
Aquelas doces (1) crianças avistaram uma casa velha (1) no meio da floresta. Ao se aproximarem, viram uma velha (2), que estava colocando uns doces (2) na janela da casa.

Resposta:
Doces (1): Exerce a função de adjetivo, pois está qualificando o substantivo “criança”.
Doces (2): Exerce a função de substantivo, pois está dando nome, nesse caso, a um tipo de comida.
Velha(1): Exerce a função de adjetivo, pois está qualificando o substantivo “casa”.
Velha (2): Exerce a função de substantivo, pois está dando nome a uma mulher de idade avançada.
(MÔNICA)
02. Com base na canção abaixo, resolva as questões propostas:
Cariocas - Adriana Calcanhotto
Cariocas são bonitos
Cariocas são bacanas
Cariocas são sacanas
Cariocas são dourados
Cariocas são modernos
Cariocas são espertos
Cariocas são diretos
Cariocas não gostam de dias nublados.
Cariocas nascem bambas
Cariocas nascem craques
Cariocas tem sotaque
Cariocas são alegres
Cariocas são atentos
Cariocas são tão sexys
Cariocas são tão claros
Cariocas não gostam de sinal fechado.
a) Qual o substantivo é caracterizado na canção? r - Cariocas
b) Quais os adjetivos presentes na 1º e no 2º estrofe? r – bonitos, bacanas, sacanas, dourados, modernos, espertos, diretos, alegres, atentos, sexys.
c) Quais os adjetivos que podemos intuir no 2ª estrofe? r- Que os cariocas são barbados e futebolícos.
d) Com, base na canção, elabore uma que caracterize o CEARENSE, conforme os que você conhece. Se baseando nos cearenses com os quais você tem contato.
(JOÃO BAYMA)
03) Assinale a opção em que as palavras destacadas são exemplos de adjetivo e substantivo, respectivamente:
a) O Ceará teve um enorme crescimento econômico a partir de 1950.
b) Existe um vasto painel do Ceará atual com o ataque das questões que preocupam os cearenses.
c) O resultado afoga muitos problemas, mas é surpreendentemente pessimista no exame para o futuro.
d) O Brasil perdeu gás na rampa a partir dos anos 80.
e) Existem poucos países com condições de retomar a prosperidade com tanta rapidez.
Resposta correta é o item “A”, pois “enorme” na frase tem função de adjetivo e “crescimento” função de substantivo.
No item “B”, “Ceará” na frase tem função de substantivo e “atual” de adjetivo.
No item “C”, “surpreendentemente” na frase tem função de advérbio e “pessimista” de adjetivo.
No item “D”, “gás” na frase tem função de substantivo e “rampa” tem função de substantivo.
No item “E”, “condições” na frase tem função de “substantivo” e “prosperidade” tem função de substantivo.
(ANA KELI)
04. Leia o poema “As Borboletas”, de Vinícius de Moraes, e responda as seguintes questões:
AS BORBOLETAS Vinícius de Moraes.
Brancas
Azuis
Amarelas
E pretas
Brincam
Na luz
As belas
Borboletas
Borboletas brancas
São alegres e francas.
Borboletas azuis
Gostam muito de luz.
As amarelinhas
São tão bonitinhas!
E as pretas, então…
Oh, que escuridão!
Disponível em: http://peregrinacultural.wordpress.com/2008/07/22/as-borboletas-poema-infantil-de-vinicius-de-moraes/
a) Qual o ser que o autor caracteriza no poema?
r- borboletas
b) Quais os adjetivos, utilizados para qualificar, são atribuídas as borboletas abaixo:
1. 2.
1. ____________________________________________________________________
2._____________________________________________________________________
r- 1. Bonitinhas 2. Alegres e francas.
c) Trabalhando o significado, as borboletas azul e preta não aparecem com um adjetivo explícito, como no caso das amarelas e brancas. Então quais sentidos podemos atribuir ao interpretarmos: Luz e Escuridão?
1. . 2.
r- pessoal
d) Desenvolva atributos, utilizando os adjetivos, para nomear todas as borboletas do poema?
r- pessoal

2 comentários: